2017 foi o ano da produção audiovisual na Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados

Publicado em: 02/01/2018

Com o crescimento da internet e do sucesso atual das redes sociais, gravar vídeos e ter grande número de visualizações se tornou um dos grandes objetivos de quem almeja conquistar algum reconhecimento. No caso do escritório Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados – JFR/AA o objetivo é outro: auxiliar o empresário e o gestor público a entender um pouco mais sobre as regras que norteiam a Administração Pùblica.

Por isso, em 2017, foi mais investimentos mais efetivos na gravação de vídeos e interação com os internautas. O canal do Youtube da JFR/AA se tornou uma das principais ferramentas de comunicação da Instituição, com publicações diárias de vídeos gravados pelo professor Jacoby Fernandes, Jaques Reolon, Murilo Jacoby, Ana Luiza Jacoby e demais advogados do Escritório. Além disso, vários parceiros e convidados fizeram participações especiais para abrilhantar ainda mais a qualidade dos materais.

Neste ano, o perfil da Jacoby Fernandes & Reolon Advogados Associados atingiu quase 200 mil visualizações no ano. O número de inscritos passou de 669 em 2016 para 2.124 em 2017. O vídeo mais assistido no ano foi Novo prazo para recebimento de precatórios, com mais de 3,6 mil visualizações, publicado em 2 de junho.

 

Retrospectiva dos vídeos mês a mês

No começo do ano, três vídeos se destacaram: Convênios e instrumentos de repasses – Portaria Interministerial 424/2016, com mais de 1,4 mil visualizações; O que é e quais os usos do suprimento de fundos?, que foi assistido 1.440 vezes; e Servidor com dependente PNE e a redução da carga horária de trabalho, teve 930 visualizações. Em fevereiro, os vídeos com maior número de visualização foram: Função de confiança e cargo em comissão, com 1.625; Constitucionalidade de pagamento de 13º salário e férias a prefeitos, visto 941 vezes; e Histórico da implementação e aplicabilidade da Lei Anticorrupção, com 746 pessoas que assistiram.

Já no mês de março, os vídeos do canal que foram mais acessados foram: Participação de agente público em eventos custeados por terceiros – 540; Licitações para realização de eventos – Acórdãos do TCU – 518; e Aplicação indevida de margem de preferência em licitações – 465 visualizações. No quarto mês do ano, outros vídeos ganharam a preferência dos seguidores: Compliance: o que é e quais os aspectos relevantes? – 1,5 mil visualizações; TCU recomenda aprimorar controle interno na concessão de passagens – 785; e Diferença entre sobrepreço e superfaturamento em obras públicas – 585.

Em maio, 1.173 vezes o vídeo Posso indicar marca em uma licitação? foi assistido. Em seguida, Regulamentação da pesquisa de preço no Governo Federal – IN 3/2017, recebeu 1.013 visualizações. Por fim, Decreto nº 9.048/2017 altera e moderniza a Lei dos Portos, com 1.005. Junho foi o mês de publicação do vídeo mais visto: Novo prazo para recebimento de precatórios, com mais de 3,6 mil visualizações. Em segundo lugar, o vídeo Vereadores podem rejeitar contas de prefeito com parecer favorável do tribunal de contas? recebeu 1.157 visitas. Em terceiro lugar, Pregoeiro: Código de Conduta com 1.106 visitas.

Começando o segundo semestre, temas interessantes também serviram de base para gravações de vídeo. O mais visto foi: É possível uma estatal implantar o Sistema de Registro de Preços Permanente?, com 1470 visualizadas. Seguido do vídeo Programa de Desligamento Voluntário – PDV – Tudo que você precisa saber, com 1.063; e TCU entende que Administração Pública pode contratar Uber e similares, visto 600 vezes. Já no mês de agosto, o vídeo mais procurado foi É possível o parcelamento de multas de trânsito?, visto 2.578 vezes. Em segundo lugar, informações sobre novo Decreto de atendimento ao público – Decreto facilita atendimento ao cidadão nos órgãos públicos, com 573 visualizadas. Por fim, Contrato por escopo e contrato por prazo indeterminado – Diferenças, assistido 537 vezes.

No mês de setembro, Habilitação de licitantes – Exigência de certidão complementar – 962; Publicações do TCE/MG para auxiliar o gestor público – 648; e Calote da Administração Pública – O que fazer? – 647. Em outubro: Contratação de artistas – Prestação de contas de convênios – 697; Decurso do tempo para citação inválida – Tomada de Contas Especial – 588; e DF estabelece regras para alterações em contratos administrativos – 587.

Nos dois últimos meses do ano, o trabalho continuou intenso. Em novembro, os vídeos mais vistos foram: Dispensa de licitação só é crime quando há dolo – 1.196; Exigência de certidões e atestados em licitação – 657; e Critérios para aplicação da pena de impedimento de licitar em pregão – Presidência da República, visto 610 vezes. Já no mês de dezembro, três temas ganharam destaque: Padronizações de editais, contratos e termos de referência – Licitações – 728; Governo lançará sistema informatizado de compras governamentais 483; e Limite máximo de adesões a atas do registro de preços, visto 388 vezes.

Acessos pelo Facebook

Os vídeos publicados no Facebook agradam públicos diferentes dos que visitam o canal do Youtube. O perfil está quase chegando na meta de 4.000 inscritos, um crescimento de mais de 300% na comparação com o ano passado. Prova dessa variedade de audiência é a diferença dos vídeos mais visualizados na comparação com o Youtube. Os mais acessados em 2017 no Facebook foram:

  1. Projeto cria código de defesa de usuários de serviços públicos – 3,3 mil;
  2. Licitação micro pequena empresa – Valor Anual – 2,8 mil;
  3. Dispensa de licitação só é crime quando há dolo – 1,1 mil;
  4. Licitação exclusiva – ME/EPP – Valor limite – 1,3 mil;
  5. PL 1793/2011 – Publicação das atas de registro de preços – 1,1 mil;
  6. Contrato por escopo – Prazo indeterminado – Diferenças – 1 mil.

 

Vale uma menção honrosa também aos seguintes vídeos no Youtube: Desvio de função – Servidor – Cargo em comissão – 1 mil; Cargo em comissão – Critérios de Ocupação – TCE/RO – 1,2 mil; Registro de Preços Permanente – Estatais – 1,3 mil; Seguro D&O e a aplicabilidade nas Estatais – 1 mil.

Últimas Notícias

Decreto atualiza valores das modalidades de licitação e da contratação direta sem licitação previstas no art. 23 da Lei nº 8.666/1993

19/06/2018
O Decreto nº 9.412, de 18 de junho de 2018, publicado no Diário Oficial da União do dia 19... Leia Mais

Presidente do TCU se posiciona sobre mudanças na Lei de Licitações

15/06/2018
O presidente do Tribunal de Contas da União – TCU, ministro Raimundo Carreiro, divulgou ontem, 14, durante realização de... Leia Mais

JFR/AA participa de megaevento sobre PPPs e infraestrutura em São Paulo

13/06/2018
Com o objetivo de discutir o futuro de setores estratégicos e estimular soluções para a viabilização de projetos de... Leia Mais

Nossos Contatos

Endereço do escritório

SHIS QL 12, Conjunto 4, Casa 20, Península dos Ministros - Lago Sul - Brasília/DF - CEP: 71.630-245

Só atendemos com hora marcada

Ligue e agende seu horário

+55 (61) 3366-1206

Não recebemos currículos fora de processos seletivos. Tem interesse de trabalhar conosco?

Siga-nos nas redes sociais para acompanhar eventuais vagas disponíveis:

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Mensagem