Antaq realiza audiência para licitação de porto em Santos

Publicado em: 24/07/2018

por Kamila Farias

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários – Antaq realizou, no dia 20, audiência pública presencial para discussão sobre o arrendamento de área e infraestrutura públicas do terminal destinado à movimentação de granéis líquidos no Porto Organizado de Santos. A área tem superfície de 38.398 m2 e ativos operacionais existentes. Não há, entretanto, operações sendo realizadas no local devido ao término do contrato de arrendamento anterior.

O prazo do arrendamento é de 25 anos. A ideia é que essa capacidade chegue a 70 mil metros cúbicos ao longo do contrato. O valor global estimado do contrato alcança os R$ 946 milhões. Os investimentos previstos serão de R$ 110,7 milhões. O arrendamento fixo mensal será de R$ 69,5 mil. Há estimativa de receitas anuais de aproximadamente R$ 38 milhões. Para o diretor-geral da Antaq, Mário Povia, “o programa de arrendamentos portuários significa mais geração de emprego, mais geração de renda, desenvolvimento, infraestrutura, de que tanto o Brasil precisa”. A expectativa é que a licitação aconteça no primeiro trimestre de 2019.

A consulta pública seguirá até 30 de julho, visando ao recebimento de contribuições para o aprimoramento das minutas jurídicas e técnicas necessárias à realização do certame. Serão consideradas apenas as contribuições, subsídios e sugestões que tenham por objeto as minutas colocadas em consulta e audiência públicas.

Comentário da advogada Cristiana Muraro: atualmente, conforme a Secretaria de Portos da Presidência da República, 95% do volume das exportações brasileiras são realizadas por meio marítimo, o que denota a importância de estruturação jurídica para o crescimento do setor nacional. Ainda, cerca de 80% do Produto Interno Nacional encontram-se nas unidades da federação com acesso à costa marítima. Por isso, foi lançado o Plano Nacional de Logística Portuária, que é um instrumento de planejamento estratégico e que projeta um crescimento de 103% na demanda de movimentação de carga nos portos brasileiros até 2042. O projeto de arrendamento dos portos é composto de 93 áreas, para as quais se preveem R$ 16,24 bilhões de investimentos, que devem acrescentar capacidade de movimentar 319 milhões de toneladas por ano nos portos.

Com informações do portal Licitação.net.

Últimas Notícias

Câmara analisa MP da Liberdade Econômica

21/06/2019
A Declaração reúne 10 direitos para situações concretas que possuem o objetivo de alterar, em caráter emergencial, a realidade... Leia Mais

TCU aponta excessos burocráticos que prejudicam os negócios

19/06/2019
O TCU utilizou como paradigma o relatório “Doing Business”, do Banco Mundial, que é elaborado anualmente desde 2003, que... Leia Mais

TST nega reintegração de empregado de sociedade de economia mista

17/06/2019
Conforme a Turma, empresas formadas como sociedade de economia mista submetidas a regime próprio de empresas privadas não precisam... Leia Mais

Nossos Contatos

Endereço do escritório

SHIS QL 12, Conjunto 4, Casa 20, Península dos Ministros - Lago Sul - Brasília/DF - CEP: 71.630-245

Só atendemos com hora marcada

Ligue e agende seu horário

+55 (61) 3366-1206

NÃO RECEBEMOS CURRÍCULOS FORA DE PROCESSOS SELETIVOS.
TEM INTERESSE EM TRABALHAR CONOSCO?

Siga-nos nas redes sociais para acompanhar eventuais vagas disponíveis:

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Mensagem

[recaptcha]