Decreto que muda regras de terceirização no serviço público já está em vigor

Publicado em: 23/01/2019

por Alveni Lisboa

O Decreto nº 9.507/2018 está em vigor desde ontem 22, e já produz efeitos na Administração Pública Federal. O referido normativo se aplica à execução indireta de serviços mediante a contratação de mão de obra pela administração pública federal direta, autárquica e fundacional e das empresas públicas e sociedades de economia mista controladas pela União.

Juntamente com a IN nº 05/2017, os dispositivos aglutinaram a jurisprudência existente sobre terceirização, estabelecendo regras específicas e gerando, inclusive, conflitos com auditores da Receita e fiscais do trabalho. Isso porque entende-se que cabe a essas categorias a fiscalização do cumprimento de determinadas obrigações do contrato de terceirização da mão de obra.

O decreto alterou questões referentes à aplicação e garantia do direito dos trabalhadores, estabeleceu vedações para esse tipo de contratação em determinadas circunstâncias e ainda instituiu novas disposições contratuais obrigatórias.

Comentários do professor Jacoby Fernandes: O gestor que trabalha com terceirização de mão de obra deve estar atento às mudanças para não contrariar os dispostos no decreto. É fundamental conhecer as novas regras e aplicá-las de forma conjunta e alinhada à jurisprudência dos tribunais, que foi consolidada, mas não em sua totalidade, em boa parte do Decreto nº 9507/2018. Aqueles que desejam mais informações, recomendo que conheçam o curso online express, que gravei juntamente com o Dr. Murilo Jacoby, no qual trouxemos mais detalhes sobre o normativo que começou a vigorar nesta semana.

Últimas Notícias

TCU decide que policiais podem contar tempo de carreira militar para se aposentar

26/05/2020
O TCU decidiu que servidores da Polícia Federal que já foram militares poderão utilizar o tempo de atividade nas... Leia Mais

Palestras em Brasília e no Rio de Janeiro abordarão novos cenários para os conselhos profissionais do país

29/10/2019
Duas novas oportunidades para o debate sobre as alterações normativas para os Conselhos de Fiscalização das Profissões do país... Leia Mais

TCU evoluiu a partir da atuação dos advogados, diz ministro André Luiz

10/10/2019
Afirmação foi feita durante debate sobre atuação dos conselhos profissionais no Instituto Protege. PEC 108 segue na Câmara com... Leia Mais

Nossos Contatos

Endereço do escritório

SHIS QL 12, Conjunto 4, Casa 20, Península dos Ministros - Lago Sul - Brasília/DF - CEP: 71.630-245

Só atendemos com hora marcada

Ligue e agende seu horário

+55 (61) 3366-1206

NÃO RECEBEMOS CURRÍCULOS FORA DE PROCESSOS SELETIVOS.
TEM INTERESSE EM TRABALHAR CONOSCO?

Siga-nos nas redes sociais para acompanhar eventuais vagas disponíveis:

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Mensagem

[recaptcha]